ANGIOSPERMAS

Características

  • É o grupo mais recente;
  • Apresentam frutos (formado a partir dos carpelos-gineceu).

Flor

1 nova

Ciclo reprodutor

  • A geração duradoura é o esporófito (2n);
  • A fase menos desenvolvida é o gametófito (n), representado pelo tubo polínico masculino e pelo saco embrionário feminino.
  • Os órgãos reprodutores são as flores que produzem os micrósporos e os megásporos:
    • Os micrósporos são os grãos de pólen, que são produzidos nos estames.
    • Os megásporos se desenvolvem e formam o saco embrionário que apresenta oito núcleos haploides (1 oosfera, 2 núcleos polares e 5 núcleos estéreis)

2

3

4

 

Óvulo das angiospermas

 

 

 

5

  • Quando o grão de pólen cai no estigma ocorre a formação do tubo polínico, o núcleo gerador se divide e origina 2 núcleos espermáticos (gametas masculinos).
  • Ocorre a dupla fecundação:
    • 1º núcleo espermático(n) + oosfera(n) = embrião (2n);
    • 2º núcleo espermático(n) + 2 núcleos polares (n e n) = endosperma secundário (3n)

6

As duas classes de angiospermas

  • As Famílias das Angiospermas são classicamente divididas em dois grupos: as monocotiledôneas e as dicotiledôneas.
  • Nas monocotiledôneas, as sementes apresentam apenas um cotilédone reduzido, que na germinação, absorve as reservas armazenadas no endosperma.
  • Nas dicotiledôneas, as sementes apresentam dois grandes cotilédones.

7

Fruto e Semente

8

Referências

  • DA SILVA JUNIOR, Cesar; SASSON, Sezar; CALDINI JUNIOR, Nelson. Biologia: Volume único. São Paulo: Saraiva, 2015
  • AMABIS, Jose Mariano; MARtHO, Gilberto R Biologia em contexto: Volume único. São Paulo : Moderna, 2011