AVES E MAMÍFEROS

AVES

Adaptações ao vôo:

  • Esqueleto – leve, ossos pneumáticos, com cavidades ligadas aos pulmões; redução de articulações;
  • Nas aves voadoras, o osso esterno apresenta quilha (carena) onde se prende a musculatura peitoral. Nas ratitas o osso esterno é achatado.
  • Membros anteriores transformados em asas;
  • Corpo coberto com penas.

Penas:

  • São estruturas mortas, de queratina;
  • Podem ser: rêmiges (grandes para propulsão); rectrizes (para direcionamento) e tectrizes (menores, que cobrem o corpo e mantém camada isolante, evitam perda de calor).
  • Servem para camuflagem, comportamento de corte e comunicação

 

FUNÇÕES:

–    Sistema digestório:  apresenta bico com formas variáveis, não tem dentes. Presença de papo, proventrículo (estômago químico), moela (estômago mecânico), terminando em cloaca.

  • Respiratório: pulmonar. Presença de siringe. Pulmões pequenos ligados à sacos aéreos.
  • Circulatório – coração com 4 cavidades, circulação dupla e completa. Aorta p/ direita. Sangue com hemácias grandes e nucleadas.
  • Excretor – rins metanefros, eliminam ácido úrico.
  • Reprodução– tem normalmente dimorfismo sexual; as fêmeas apresentam apenas um ovário. A fecundação é interna. O ovário libera os óvulos que descem pelo oviduto, onde recebe camadas de albumina (clara), chega ao útero (onde forma a casca e é eliminado pela cloaca.

 

MAMÍFEROS

  • Características:
  • Pelos e glândulas sudoríparas (termorregulação) – endotermia;
  • Glândulas mamárias (nutrição);
  • Desenvolvimento embrionário no interior do útero (são vivíparos);
  • Presença de placenta;
  • Apresentam grande desenvolvimento do encéfalo e de órgãos sensoriais.

 

FUNÇÕES:

–   Sistema Tegumentar: pele complexa com pelos, glândulas sudoríparas, glândulas sebáceas.  –    – Apresentam também anexos, como unhas, garras, cascos, espinhos…, todos de queratina.

–   Sistema Digestório: apresentam dentição especializada. Heterodontes (dentes incisivos, caninos, molares e pré-molares). Homodontes (todos os      dentes iguais).

  • Mamíferos Ruminantes: apresentam sistema digestório que permite um melhor aproveitamento da matéria vegetal da qual se alimentam. Apresentam o estômago dividido em quatro compartimentos anatomicamente distintos:

a. Pança (onde vivem bactérias simbiontes que produzem a celulase);

b.Barrete ou retículo

c.Folhoso ou omaso

d.Coagulador ou abomaso (estômago químico)

–   Sist. Respiratório: pulmonar. Pulmões com câmaras alveolares complexas. Presença de diafragma.

–   Sist. Circulatório: coração com 4 cavidades, circulação dupla e completa. Arco aórtico para esquerda.        Hemácias pequenas e anucleadas.

–   Sist. Excretor – rins metanefros, presença de bexiga urinária e eliminam uréia.

–   Sist. Reprodutor: fecundação interna, são amniotas vivíparos com exceção dos monotremados (ovíparos). Desenvolvimento direto.

– Nos monotremados, o ovo é fecundado e mantido no interior do corpo da fêmea, onde completa seu desenvolvimento.

– Nos marsupiais, a placenta é rudimentar ou inexistente, o embrião passa pouco tempo no útero e, ao nascer arrasta-se até o marsúpio da mãe, fixa-se a um dos mamilos e aí completa seu desenvolvimento.

– Nos placentários, o desenvolvimento ocorre totalmente no interior do útero.

 

CLASSIFICAÇÃO: SUB-CLASSES

  1. Prototérios:
  • Ordem dos Monotremados: não tem placenta, tem bico córneo, são ovíparos e têm cloaca. Glândulas mamárias simples (sem mamilos)
  1. Metatérios:
  • Ordem dos Marsupiais: não apresentam placenta, têm marsúpio.
  1. Eutérios (placentários):
  • Muitas ordens: Primatas, Quirópteros, Cetáceos, Carnívoros, Roedores, Artiodáctilos…
Compartilhe e aumente suas chances!